2016년 12월 8일 목요일

                                   As vezes, me visto de felicidade.
                       
   As vezes,me visto de felicidade e saiu por ai distraindo minha tristeza!
    Busco motivos para sorri e poder me equilibrar no amanhã incerto.
    Já não tenho certeza se o amanhã me pertencerá!
    Quero sentir a brisa do mar tocar o meu rosto.
     Preciso me libertar de tudo que me torna prisioneira!
    Talvez eu tenha trilhado por caminhos que não me levam a lugar nem um.
    Quero viver um dia de emoções desconhecidas,porque já conheço a dor 
     o suficiente para  a manter do meu lado.
     Não busco aventuras porque não são bem vindas no meu mundo real.Apesar
     que,nesta vida tudo é uma aventura por ter a incerteza do amanhã.
     Quero sentir o que foi negado durante anos...a felicidade de ser livre para pensar
     mais em mim.
     
     
      
     

2016년 11월 26일 토요일

                                                  BOM DIA SOLIDÃO.OLHA NÓS OUTRA VEZ AQUI!
                        
                                 
                            Quis ti enganar com o meu sorriso...mais tu ñ perdoa disfarce.
                             Andei tentando me iludir...me disfarçando de felicidade,para ti enganar!
                             Ai tu me pergunta,como quis ti enganar se não saí do lugar aonde tu moras!..
                             Pois,como já ti falei,disfarcei-me, de felicidade e coloquei um novo sorriso no
                             rosto...só que ao perceber no reflexo do espelho, as lágrimas escorriam  na minha
                             face!Tentei enganar ti,dizendo que era de felicidade!Mas, o meu eu, desmorona
                             transparecendo tamanha tristeza!
                             As vezes, tu tbém me fortalece, dando -me,forças para continuar...porque se tu 
                             estais sempre comigo...ñ estou sozinha.Tu sabes melhor que eu,que estas frases 
                             escritas são suas e não minhas.Pois sonhei com um mundo de paz interior...
                             amizades sinceras,cercado de pessoas  que olhassem o próximo com respeito
                             e sentimentos...e tu me deste o que?Decepções,pessoas que nunca dariam por mim
                             o que darei por elas.As vezes, tenho que colocar um sorriso no rosto para enganar
                             a tua companhia. Para que eles não percebam que preciso deles,    mesmo                                             eles não percebendo minha presença. 
                            Obrigada meu Deus, por mais um dia na tua presença...apesar do meu vazio ser
                            constante, eu confio em ti, e isto é que me dar forças para continuar minha 
                            caminhada e não desejar o mal a ninguém.A minha dor é grande, pelo vazio
                            que não foi preenchido, e minhas lágrimas são apenas um desabafo!
                            Não irei desistir de caminhar, mesmo não avistando o objetivo esperado.
                               Texto:Índia Gomes.
                            

                             

2016년 7월 24일 일요일

Quero um pedacinho de tempo para poder descansar esse peso do mundo que estou sentindo em meus ombros ...Um tempo onde não me perguntem nada, nem me peçam nada, apenas me permitam o direito de dar vazão ao pranto que venho engolindo com o café-da-manhã ,enquanto visto a máscara de "olhem como sou valente e forte" ....
Quero ser a criança que pode chorar livrementem até que me ponham no colo, restabelecendo assim, o equilíbrio que necessito para dormir em paz.
Quero me aventurar na busca dos sonhos, sem ter que vê-los pintados com as cores do desânimo, ou coloridos com as cores do impossível... e quero poder brincar com meus sonhos como se fossem massinha de modelar ilusões .... lambuzar neles meus dedos, até decidir quando precisam se desfazer ...
Quero ter companheirismo também nas horas em que tudo parece ter se perdido, e encontrar apenas um ombro onde possa repousar meu cansaço, um ombro que seja silêncio e carinho.
Quero deixar que me invada toda a dor do mundo neste instante, porque ela é minha, real e única, e que como tal seja aceita e compreendida ... mesmo que eu ainda não saiba lidar com ela ...
E quero poder dizer :
- Está doendo sim !
Sem assustar ninguém, causando uma revolução tão grande que meu mundo pareça ainda mais desabitado . Seria possível?
Daqui a pouco tudo vai parecer diferente e novo, eu sei. Vou secar os olhos e vou à luta outra vez
e da dor hei de ressurgir mais forte ... Porque sou noventa e nove por cento matéria que dificilmente se desintegra .
Então, por favor , por um momento apenas, neste meu pequeno momento humano, neste "por cento" de fragilidade, quero ser igual a todo mundo e chorar .

Autor Desconhecido

2016년 6월 26일 일요일





Trajando-me com veste da consciência alheia.

Quando vou saí, pego minha máscara e a ponho
no rosto,para que ninguém perceba a minha dor!
Saio disfarçada de felicidade para que ninguém
se distancie de mim.Conto histórias felizes para que
me deem atenção...só assim ninguém vai enxergar a
verdade que habita em mim!
Falo de aventuras sorrindo...mais nunca permito que
olhem no fundo dos meus olhos para que não vejam
que já não há mais brilho!
As pessoas, só te aceitam quando estais fantasiado...
Há muito peso numa mente sem fantasia.
Quando tua máscara caí,você caí também.Porque ninguém quer
ti ajudar a levantar.
Se quer conviver com a solidão e o vazio não se fantasie!
fique fazendo companhia a si mesmo!
Quem usa máscara morre por dentro mesmo estando vivo pró fora!
Autoria:Índia-Silva.
PENSAMENTOS.

Estou me buscando...tentando encontrar o caminho
que me leve aonde deixei de ir;
Estou tentando não mais, me perder nas curvas que me fizeram
desviar de mim;
Sonhei demais e não fiz meus sonhos valerem apena;
Busquei amor aonde não havia sentimentos;
Confiei em mundo cheio de pessoas vazias!
Procurei equilíbrio em mentes negativas...que só
queriam vê minha derrota.
Não nasci para competir com ninguém...porque busco
o sentido da vida e não a vitória dos fortes!
Quantas vezes eu cair,me levantarei, e cada queda será
uma fratura para lembrar do quanto fui forte para superar
as feridas!
Sempre me sentir vazio (a) por buscar o que nunca foi meu,
e lutar por algo que nunca me pertenceu!
Me vejo sendo amado quando não mais precisar de amor!
O mundo estar precisando de humanos...pois se encontra
vazio cheio de pessoas!
                   PALAVRAS IRONICAS.
            MUITOS DIZEM SERVIR A DEUS.
          SERÁ QUE SERVIR A DEUS É 
         ESQUECER DO PRÓXIMO?..É  
         INDIVIDUALISMO?É ACHAR 
         QUE SÓ OS OUTROS QUE NÃO
         SEGUEM UMA RELIGIÃO NÃO
         SERÃO  SALVOS?...SERÁ QUE,
         A SALVAÇÃO ESTAR NA RELIGIÃO?
         E NÃO NOS ATOS COMETIDOS?
          

2016년 5월 29일 일요일

Aprendendo nas quedas

Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
O mundo não acaba quando nos enganamos; ele muda, talvez, de direção. Mas precisamos tirar partido dos nossos erros.
Por que tudo teria que ser correto, coerente, sem falhas?
As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela.
Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar! Dói no orgulho, principalmente. E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói. Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.
O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso.
Mas não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente. E nem obrigatoriamente certo. Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo. Às vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim.
Então, numa discussão, numa briga, páre um segundo e pense: "e se eu estiver errado?" É uma possibilidade na qual raramente queremos pensar.
Nosso "eu" nos cega muitas vezes. Nosso ciúme, nosso orgulho e até, por que não, nosso amor. Não vemos o lado do outro e nem queremos ver. E somos assim, muitas vezes injustos tanto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos a oportunidade de aprender alguma coisa com alguém.
E é por que tanta gente se mantém nessa posição que existem desavenças, guerras, separações. Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas.
E de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão? Vida é partilha. E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração.
Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa. Se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? Eu duvido.
Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar. Somos bem mais resistentes do que julgamos; a própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo.
Nunca duvide do seu poder de sobrevivência! Se você duvida, cai. Aprenda com o apóstolo Pedro que, enquanto acreditou, andou sobre o mar, mas começou a afundar quando sentiu medo.
Então, afundar ou andar sobre as águas? Depende de nós, depende de cada um em particular. Podemos nos unir em força na oração para ajudar alguém, mas só esse alguém pode decidir a ter fé, força e coragem para continuar essa maravilhosa jornada da vida.

Letícia Thompson